Siga-nos

4 cuidados para quem tem gato e criança na mesma casa

Caso você já tenha acessado o YouTube em algum momento de sua vida, com certeza se deparou com centenas de vídeos adoráveis de crianças interagindo com gatos e perdeu algumas horas assistindo todos eles. Certo?

Pois é: a interação entre eles não só é possível, como extremamente benéfica para ambas as partes. A convivência de gato e criança na mesma casa ensina os pequenos a terem mais responsabilidade e empatia, além de diminuir alergias e melhorar o sistema imunológico.

Pensando nisso, preparamos uma lista com alguns cuidados que devem ser tomados caso você esteja esperando um bebê ou pensando em adotar um gatinho. Boa leitura!

1. Tenha cuidado com a areia

Iniciaremos as dicas falando sobre um dos assuntos que mais preocupam as mamães: a toxoplasmose. Ela é uma doença causada por um protozoário, chamado toxoplasma gondii, que pode acarretar anormalidades no desenvolvimento fetal, causando malformações.

O gato, apesar de ser o hospedeiro definitivo do protozoário (ou seja, capaz de eliminar, pelas fezes, oocistos infectantes), não é o vilão dessa história. Maior parte do contágio é feito por meio da ingestão de carnes cruas ou vegetais não higienizados.

Por isso, não se preocupe: é possível ser gestante e ter um gatinho em casa. Basta pedir que outros membros da família façam a limpeza da areia — ou fazê-la utilizando luvas — e ter um cuidado redobrado com a higienização dos alimentos. Outra dica é manter o seu gato longe da rua, evitando que ele ingira presas infectadas.

2. Ensine ambos a respeitar

Respeito é bom e todo mundo gosta: esse velho ditado também se aplica às relações entre gatos e crianças. Pode parecer difícil, mas com alguns cuidados, é possível estabelecer uma harmonia entre as espécies.

Se você está grávida e já tem um gato em casa, é necessário prepará-lo antecipadamente. Por isso, familiarize o animal com o quarto do bebê e com seus objetos e cheiros. A adaptação será ainda melhor caso você conheça alguém que tem filhos. Convide-os para uma visita!

Em uma situação inversa, quem deve ser ensinada é a criança. Para elas, o animal nada mais é que um bichinho de pelúcia e mesmo a mais bem-intencionada das crianças pode machucar o amiguinho com suas brincadeiras.

Explique que os animais sentem dor e têm sentimentos e dê dicas de como ler a linguagem corporal deles: cauda balançando rapidamente, pelos eriçados e orelhas abaixadas. E lembre-se: esteja sempre presente quando as crianças e os animais estiverem juntos. 

3. Crie um lugar para o seu gato

Assim como a criança precisa de lugares que são destinados apenas a ela, o seu pet também requer esse cuidado. Separe um ambiente que seja apenas do gatinho, para que ele possa escapar e relaxar quando não estiver a fim de brincar.

Nesse espaço podem estar: a caixa de areia, ração, água, arranhador e os brinquedos, que devem estar sempre separados dos brinquedos de seu filho. É interessante investir em prateleiras altas ou em uma árvore de gatos, pois os felinos adoram escalar e se sentem mais seguros dessa forma.

4. Cuide da saúde do bichano

Para garantir a saúde e segurança de todos os residentes da casa, é imprescindível cuidar também da saúde dos gatos que moram nela. Afinal, eles também são membros da família, não é mesmo?

Além do cuidado com o corte frequente das unhas, evitando arranhões, faça visitas regulares ao veterinário e mantenha as vacinas e a vermifugação em dia! Não deixe de fazer check-ups anuais no gatinho, para o diagnóstico precoce de doenças. Atenção também para parasitas, como pulgas e carrapatos.

Além de prevenir o sofrimento do animal, a atenção com sua saúde evita a transmissão de doenças e acidentes (animais que estão sentindo dor podem se tornar agressivos).

É perfeitamente possível ter gato e criança na mesma casa e, seguindo essas dicas, não há o que temer. Com os devidos cuidados sendo tomados, com certeza nascerá uma linda amizade!

Quer ficar por dentro de mais dicas sobre o mundo dos gatos? Então, siga as nossas redes sociais! Estamos no Facebook e no Instagram!

Postagens relacionadas
brinquedos para gatos
Como fazer brinquedos para gatos: 5 dicas incríveis
adestrar gatos sem estresse
Aprenda como adestrar gatos sem estresse
Seu gato arranha móveis?
Seu gato arranha móveis? Aprenda como resolver esse problema
Gatos amigos: 5 dicas para construir uma linda amizade
Gatos amigos: 5 dicas para construir uma linda amizade
Gato siamês
Gato siamês: conheça uma das raças mais populares do mundo

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web

Aproveite para comprar sua areia agora