Siga-nos
doenças de gatos

5 doenças de gatos que você precisa conhecer e como tratá-las

Apesar de serem conhecidos pelas suas “sete vidas”, os gatos são animais que podem ser acometidos por diversos tipos de doença. Eles têm tendência a algumas complicações específicas, que, se não forem tratadas, podem levar a problemas mais sérios, inclusive à morte. Por isso, é essencial conhecer essas enfermidades, evitando que elas afetem a qualidade de vida dos felinos.

Quer conhecer mais sobre as doenças de gatos? Então, não deixe de ler nosso post!

1. Doença renal crônica

Para explicar esse tipo de enfermidade, primeiramente vamos discorrer sobre a importância dos rins para os gatos. Esses órgãos têm como função principal eliminar substâncias tóxicas por meio da urina. São responsáveis, ainda, por diversos processos que garantem o equilíbrio do organismo felino.

A doença renal crônica é causada por fatores como cistos, inflamações ou alteração natural dos rins. Aparece nos gatos de maneira silenciosa e lenta, dificultando o seu reconhecimento e, consequentemente, atrasando o diagnóstico.

Entre os efeitos causados pela doença estão infecções urinárias e cálculos renais. Os sintomas mais comuns que podem ser identificados pelos donos são o aumento da ingestão de líquidos e a elevação do volume urinário.

Ocorre mais comumente em felinos de idade avançada, mas pode acometer gatos em qualquer idade. Quanto mais rápido forem notados os sintomas, melhores serão as chances de recuperação do animal.

2. Nefrite

É uma enfermidade que se caracteriza por alterações inflamatórias renais, podendo ser aguda ou crônica. Surge de maneira súbita. Possui como principais sintomas: vômito, falta de apetite, apatia e excesso ou falta de urina.

Essa enfermidade pode ser diagnosticada por exames de urina e de sangue. Por diminuir a capacidade de filtração dos rins, o seu tratamento é realizado com medicamentos para eliminar a inflamação e permitir que esses órgãos voltem a funcionar normalmente.

3. Verminose: a mais comum das doenças de gatos

É uma doença que acomete com frequência os gatos, sendo caracterizada como uma zoonose causada pela penetração de larvas, vermes e parasitas. Entre os principais agentes transmissores estão pulgas, carnes cruas e roedores. Pode, ainda, ser transmitida de um felino contaminado para a sua cria através da amamentação.

Entre os principais sintomas dessa enfermidade estão: aumento do volume abdominal, fezes moles com a presença de parasitas, anemia, vômitos e obstrução de órgãos.

As verminoses devem ser tratadas rapidamente — por meio de higienizações constantes, vermifugação e uso de antibióticos —, pois podem levar à morte. Além disso, evitar que os felinos entrem em contato com os agentes transmissores é uma forma eficaz de impedir a contaminação deles.

4. Micoplasmose

É causada por parasitas celulares e possui como sintomas: desidratação, perda de peso, apatia, mucosas de cor amarelada, aumento da temperatura corporal e anemia, a principal característica da doença.

O tratamento é feito com antibióticos, podendo ser acompanhados por outros medicamentos, como corticoides, além de transfusões sanguíneas. Em alguns casos, a doença pode ser assintomática, sendo extremamente importante o acompanhamento constante da saúde do felino.

5. Câncer

Apesar da sua gravidade, essa doença não é sinônimo de morte nos felinos! Existem diversos tipos de câncer em gatos, sendo os mais comuns os de pele e os linfomas.

Entre os sintomas principais estão vermelhidão, úlceras graves e feridas. Contudo, eles não são evidentes. Por isso, é importante que os donos fiquem atentos aos seus bichanos.

Os tratamentos são inúmeros e variam de acordo com o desenvolvimento da doença. Alguns são a quimioterapia e a radioterapia, que possuem efeitos colaterais relativamente mínimos. Quanto mais cedo o câncer for descoberto, maiores serão as chances de sobrevivência do animal.

Percebeu como é importante conhecer os sintomas das doenças dos gatos? A partir deles é possível diagnosticar as enfermidades e tratá-las com antecedência, evitando maiores complicações!

Conhece mais alguma doença que não citamos aqui? Então, compartilhe com a gente nos comentários!

Postagens relacionadas
Meu gato não usa mais a caixa de areia
Meu gato não usa mais a caixa de areia, é possível identificar o motivo?
Como cortar unha de gato sem machucar o pet
Como cortar unha de gato sem machucar o pet
Caixa de areia para gatos
Caixa de areia para gatos: um guia para deixar tudo limpinho
Gato no cio: aprenda como cuidar das fêmeas
Gato no cio: aprenda como cuidar das fêmeas
dicas para deixar seu gato feliz e saudável
5 dicas para deixar seu gato feliz e saudável (garantido!)
23 Comentários
  • Já levei em dois veterinários e até agora não acertaram. Minha gata está com um problema na pele e perdendo pelos no local, que são vários. Isso começou com pulga. Daí, foi colocado remédio e dado. Acho que ela ficou alérgica com as picadas das pulgas. E não melhora. Continua ficando pelada. O que devo fazer? Estou super preocupada e com peninha dela. Me ajudem…

  • Sirlene Luiz Gonçalves
    Responder

    Olá Boa noite meu gato o timão está com anemia Está 19 bem abaixo do desejado segundo a veterinária cura com antibióticos mas além disse ele também está com lipidose hepática e já fez á cirurgia ezofagica mas não engordou bem voltou a comer ele fez a cirurgia tem 10 dias ele emagreceu 500 gramas estou desesperada mas o antibiótico da anemia se iniciou hoje

  • Fiv e Felv Pif

  • OLÁ PEGUEI UMA GATINHA DE RUA, ELA JA FOI VACINADA CONTRA RAIVA E PELA NECESSIDADE JÁ FOI CASTRADA, MAS NÃO SEI A IDADE DELA. QUAIS A VACINAS QUE DEVO APLICAR NELA? ATT, LILIAN

    • Oi Lilian, gatos precisam ser vacinados regularmente com as vacinas anti-rábica e a vacina chamada quíntupla. Leve ela a um veterinário, ele irá esclarecer todas as suas dúvidas! Abs, Equipe Areia de Gato

  • Minha gata após tomar a vacina anticio ficou com os seios grandes o que faço? Moro no interior nao tem veterinário por aqui, o que fazer?
    Tirei ele da rua desde pequena, após o primeiro cio e a administracao da vacina aconteceu isso.
    Tou com muito medo pra ela nao morrer, já nos apegamos a ela, ela faz parte da família. preciso da ajuda de um veterinário pra poder mim orientar no que devo fazer????

    enviei o link da imagem dos seios grande da gata na opção : sua pagína da web.
    Por favor preciso de ajuda! tou desesperado!

  • Olá dr.vc da dicas para cães tb.POIS tenho uma cadela já é idosa e ela está com uma coceira q não para na barriga já a mediquei mas não cede a coceira o q posso fazer desde já obg .

  • Olá,sempre leio o blog de vcs,mas como a Cecilia colocou faltou a Rinotraqueíte,fico quase louca pois tenho dois com essa doença e eles são mt grudados entao qd um fica atacado o outro tb ja trato com Vet mas queria saber se tem mais alguma coisa q posso fazer pois é mt sacrificante.

    • Oi Eliana, agradecemos sua mensagem! Enviamos a sua sugestão para a área responsável e em breve teremos um post exclusivo sobre esse assunto! Abs, Equipe Areia de Gato

  • amei

  • amei amei amei que Deus vós ajude pra VCS nos ajudar tb.
    bjs

  • ADOREI ESSAS INFORMAÇOES.MAS GOSTARIA DE SABER PORQUE ALGUNS FOGEM,SOMEM?TIVE 2 ,LINDOS ,QUE EU AMAVA MUITO SAIRAM E Ñ VOLTARAM ?

  • Cleide dos Santos Pimentel masuda
    Responder

    Olá eu sou a Cleide e a primeira vez que entro no comentários gostei muito das informações eu tbm já tive 21 gatos e morreram bastante sem informação de doenças de gatos hj já conheço mais e aprendi identificar o cálculo renais pois já perdi uns 5 msiš tive que sacrificar 2 gatas uma com suspeita de aides felina e outra com lama no pâncreas que nem sabia que existia tem como identificar antes de ficar muito grave?

  • Célia Regina .
    Responder

    Obrigado por esta orientação sobre nossos gatinhos .

  • Adorei! Resgato gatinhos e tenho 21 atualmente

    • Oi Ana, que bom que está gostando do nosso blog e parabéns por resgatar tantos gatinhos de situações de risco! Abs, Equipe Areia de Gato

  • Informações importantes, gostei muito. Gostaria de saber sobre rinotraqueíte. Obrigada.

    • Olá Cleunete, que bom que você está gostando do nosso blog. Sua sugestão de tema já está anotada aqui e em breve falaremos sobre ela. Abs, equipe Areia de Gato

  • Achei muito boa as informaçoes.
    como eu posso limpar as orelhinhas?e o banho devo fazer.?

    • Olá Clarisse, que bom que você está gostando do nosso blog! Você pode comprar um produto específico para limpar as orelhinhas do seu gatinho em pet shops. É um líquido que você pode pingar em um cotonete ou algodão e fazer a limpeza, com cuidado para não machucar. O banho depende muito dos hábitos do seu gatinho, se ele ficar somente dentro de casa não há necessidade de banho com água. Basta limpar com pano úmido ou shampoo a seco e mantenha uma rotina de escovação dos pelos. Se seu gato se suja no quintal ou na rua você pode dar banho sim, com alguma freqüência, porém no geral os gatos conseguem se limpar muito bem sozinhos. Quanto mais você puder evitar o banho, melhor será pra ele. O banho pode ser uma recomendação para alguns gatos que possuem certos problemas de saúde, se esse for o caso siga a orientação do seu veterinário! Abs, equipe Areia de Gato

  • Faltou a Rinatraqueíte.

    • Olá Cecília, agradecemos sua sinalização! Falaremos sobre o assunto em breve! Abs, equipe Areia de Gato

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web

Aproveite para comprar sua areia agora