Siga-nos
adoção de gatos

“A casa ficou mais cheia, mais bagunçada e muito mais feliz”

Meu nome é Vanessa, sou formada em Biologia, mas atuo como artesã e fotógrafa. Sou apaixonada por animais desde que me conheço por gente! Depois que me casei, sugeri a adoção de gatos, por ser mais fácil de cuidar (e porque eu gosto muito!). Pegamos uma gatinha preta da rua e uma sialata de uma protetora, mas logo que elas passaram a se amar, a Preta (era o nome dela mesmo) ficou doente e virou estrelinha. Fiquei muito triste, mas achei importante dar outra irmã pra Chica (a sialata), já que ela estava acostumada com companhia.

Kika, a nova integrante da família 

Chamei a protetora novamente e ela me entregou a última gatinha da mesma ninhada da Chica: chegou em casa a Kika (uma tigradinha). Pelo pouco tempo de separação, a adaptação das duas foi bem tranquila! Até aí estava tudo perfeito! Eu, o marido e nossas meninas. Mas eis que um dia, estou eu lá fazendo meus afazeres domésticos quando escuto um miadinho… Logo pensei que era do vizinho! E continuei meu trabalho… O miado foi ficando mais forte e eu relutando contra a minha vontade de procurá-lo, pois já tinha combinado de não pegar mais animais! E o miado ficou ainda mais forte!!! Não resisti, fui no terreno ao lado de casa e lá estava ele, tão magrinho! Ele chegou em casa com menos de 300g, cheio de pulgas e morto de fome! Dei banho, tirei todas as pulguinhas, dei comida e água fresquinha… embrulhei numa toalha quentinha e no sofá ele ficou. Meia hora depois do resgate, caiu uma chuva de pedras! Se eu não tivesse resgatado, ele teria morrido…

E a família cresceu novamente

As irmãs mais velhas não gostaram muito da idéia de um irmão mais novo no início Já meu marido se apaixonou assim que o viu! De todos os nomes que tentei ele só atendeu por um: Zézinho. Meu José logo se adaptou a casa e conquistou a irmã Kika, que cuidou dele como se fosse um filhote dela! Ele amava ficar no colo, bem grudadinho comigo! Hoje ele não curte muito colo, mas quando liga o motorzinho é pra todo mundo escutar!!! Ele tem umas manias engraçadas como ficar com a língua de fora e abaixar a cabeça na cara das irmãs pra ganhar uns cafunés felinos!!! Come muito e é muito bagunceiro!!! Bastante desastrado, José não sabe subir em quase nenhum lugar. É apaixonado por ração úmida e carne moída. E também adora brincar com bolinhas de papel alumínio!!! 
Hoje, José já tem 1 ano e 2 meses, Kika e Chica têm 2 anos e meio, todos castrados, lindos e muito amados!!! A casa ficou mais cheia, mais bagunçada e muito mais feliz!

Agradecimento especial à Vanessa Rocha por compartilhar essa linda história conosco! 

 
Postagens relacionadas
brinquedos para gatos
Como fazer brinquedos para gatos: 5 dicas incríveis
adestrar gatos sem estresse
Aprenda como adestrar gatos sem estresse
Seu gato arranha móveis?
Seu gato arranha móveis? Aprenda como resolver esse problema
Meu gato não usa mais a caixa de areia
Meu gato não usa mais a caixa de areia, é possível identificar o motivo?
Gatos amigos: 5 dicas para construir uma linda amizade
Gatos amigos: 5 dicas para construir uma linda amizade
2 Comentários
  • Vanessa Marina Rocha
    Responder

    Obrigada por compartilhar a minha história!!! Estamos todos muito felizes!!!

    • Oi Vanessa, nós que agradecemos por compartilhar essa linda história conosco!!! Abs Equipe Areia de Gato

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web

Aproveite para comprar sua areia agora