Siga-nos
Água ao lado da ração de gato

Água ao lado da ração de gato: entenda por que você não deve fazer isso

Muitos donos de gatos, na tentativa de facilitar a vida dos seus amados bichinhos de estimação e, claro, buscando mantê-los sempre hidratados, deixam a água dos bichanos próxima à vasilha onde eles se alimentam.

O pensamento é lógico: água perto da comida significa que o gatinho irá se lembrar de bebê-la sempre que for se alimentar. Especialmente porque estamos falando de animais que, por si só, já bebem pouca água, é sempre bom mostrar que ela está ali, prontinha para eles, certo?

Errado! Quando falamos de gatinhos – esses animais super fofinhos, amados e… exigentes! – , essa lógica não é tão simples quanto parece. Isso porque os gatos, ao longo da sua evolução, mantiveram algumas atitudes e exigências instintivas da sua época de selvagens.

Acompanhe nosso post e entenda de uma vez por todas porque você está cometendo um erro grave ao colocar a água próximo à ração de gato.

Por que colocar a água perto da ração de gato é um problema

Nos primórdios da espécie, os gatos eram animais selvagens no meio da cadeia alimentar: ao mesmo tempo, caça e caçadores. Para garantir sua saúde no ambiente inóspito em que viviam, eles desenvolveram alguns comportamentos instintivos.

O tempo passou, os bichanos foram domesticados e vieram alegrar os nossos lares. Contudo, parte desses comportamentos permaneceu com eles ao longo da evolução, e um deles é, justamente, o cuidado e restrições em relação à água.

Como isso interfere no bem-estar do animal

Na natureza, se os gatos sentiam cheiro de animal morto próximo à fonte de água, instintivamente, eles não a consumiam. Isso porque a chance de essa água estar contaminada e prejudicar a sua saúde e, por consequência, sua vida, era bem maior!

O instinto é realmente algo fantástico, não é? Acontece que, mesmo depois de domesticados, os gatos permaneceram com esse comportamento de rejeitar a água que esteja próxima ao alimento (ou fezes).

Mas nem tudo é culpa deste indomável e arrasador instinto felino. A verdade é que deixar a água próxima à ração de gato também pode trazer diversos prejuízos à saúde do bichano, além de prejudicar a qualidade e durabilidade da comida, uma vez que a chance de a ração cair na vasilha de água, e vice-versa, é grande.

Isso pode estragar a ração de gato e contaminar a água – um prato cheio para a proliferação de bactérias!

Portanto, se o gato tiver como fonte de água apenas uma vasilha próxima do seu alimento, ele pode simplesmente não beber água, ficando desidratado e, como consequência, mais suscetível a uma série de doenças sérias decorrentes da desidratação.

Como estimular o seu gatinho a beber mais água

Uma coisa é fato: esses felinos são extremamente exigentes quando o assunto é água, o que faz com que eles simplesmente não bebam uma quantidade suficiente para se manter saudáveis.

Por isso, é muito importante que seus donos os estimulem sempre a tomar uma boa quantidade ao longo do dia, para manter a saúde tanto da pelagem quanto do organismo em si, já que os gatos, por esse perfil, estão mais propensos a desenvolver problemas como doenças do trato urinário.

Confira algumas dicas para fazer com o que o seu gatinho beba mais água ao longo do dia:

1. Deixe a vasilha de água longe da ração de gato e da caixa de areia

Experimente colocar a vasilha de água em um local onde o gato se sinta seguro, pelo qual ele passe muitas vezes e que não tenha que transpor obstáculos para alcançar. Isso irá estimulá-lo a se hidratar mais. 

2. Dê preferencia aos recipientes de inox

Além de deixarem a água mais geladinha, são mais fáceis de higienizar para não acumular bactérias.

3. Troque a água diariamente

Os bichanos amam uma água fresquinha! Lembre-se de lavar a vasilha com água e sabão neutro a cada troca.

Quer saber mais? Neste post você encontra outras dicas importantes para fazer o seu gatinho beber mais água!

E o seu bichano, tem problemas para beber água? Você colocava a vasilha de água próxima à ração? Use os comentários e compartilhe com a gente sua experiência!

Postagens relacionadas
brinquedos para gatos
Como fazer brinquedos para gatos: 5 dicas incríveis
adestrar gatos sem estresse
Aprenda como adestrar gatos sem estresse
Seu gato arranha móveis?
Seu gato arranha móveis? Aprenda como resolver esse problema
Meu gato não usa mais a caixa de areia
Meu gato não usa mais a caixa de areia, é possível identificar o motivo?
Gatos amigos: 5 dicas para construir uma linda amizade
Gatos amigos: 5 dicas para construir uma linda amizade
8 Comentários
  • Gato vizinha vive fissurafo na minha gata, não são de perto de maneira alguma. Faz de tudo para ficar perto, ciumento q só fica só olhando para ela. Do nada morde minhá gata, ela tem q ficar imóvel. Parece morrer de ciúmes dela. Q faço?

    • Oi Odete, a melhor coisa a se fazer para que dois gatos convivam em paz é castrá-los. Converse com sua vizinha sobre isso, além de melhorar o comportamento ele estará protegido de inúmeras doenças. Isso vale para a sua gatinha também. Abs Equipe Areia de Gato

  • Ainda filhotes, nossas 2 gatinhas passaram a brincar de espalhar a água da vasilha pela sala… não tivemos dúvida, colocamos um bebedouro de bico, com encaixe para garrafa pet. Uma delas aprendeu a beber a água no mesmo dia… a outra levou uma semana.
    Dois anos depois, adotamos mais uma gatinha… depois que ficou livre para compartilhar o mesmo espaço com as outras duas, só de vê-las, aprendeu a usar o bebedouro rapidinho… E, olha, que mal avançava o bico! : )
    Foi ótimo, porque o ambiente fica seco e a água fica livre de resíduos e sempre fresca.
    Não vimos problemas em deixar o bebedouro ao lado da ração, porque a quantidade de torrões de xixi na caixa de areia não diminuiu. Além disso, fazemos trocas frequentes da água e da garrafa.

  • Ainda filhotes, nossas 2 gatinhas passaram a brincar de espalhar a água da vasilha pela sala… não tivemos dúvida, colocamos um bebedouro de bico, com encaixe para garrafa pet. Uma delas aprendeu a beber a água no mesmo dia… a outra levou uma semana.
    Dois anos depois, adotamos mais uma gatinha… depois que ficou livre para compartilhar o mesmo espaço com as outras duas, só de vê-las, aprendeu a usar o bebedouro rapidinho… E, olha, que mal avançava o bico! : )
    Foi ótimo, porque a sala fica seca e a água fica livre de resíduos e sempre fresca.
    Não vimos problemas em deixar o bebedouro ao lado da ração, porque a quantidade de torrões de xixi na caixa de areia não diminuiu. Além disso, fazemos trocas frequentes da água e da garrafa.

  • Minha gatinha só bebe da torneira.

  • Mariana Nogueira
    Responder

    Não sabia dessa informação, interessante! Mas isso vale também em relação às fontes de água? Deixo a fonte ligada próxima à ração e eles consomem bem água.

  • O problema é quando o gato resolver levar a ração para o pote de água…
    Uma das minhas gatas tem este péssimo hábito, ela leva os pellets de ração, joga na água, fica pescando… e quando a ração amolece ela vai e come… porém a água fica rapidamente suja… Ela tem esta mania desde os 3 meses – já são 9 anos poluindo a água e pescando ração…

  • Sempre deixei a agua ao lado da ração, e relativamente proximos à areia sanitaria… pensando assim em deixar o local como se fosse o cantinho da minha gata, onde ela pudesse resolver todas as suas necessidades de uma vez… Acho que sempre pensei errado, né?
    Vou trocar as coisas de lugar pra fazer o teste… quem sabe ela ‘reclama’ um pouco menos? 😉

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web

Aproveite para comprar sua areia agora