Siga-nos

Bigodes dos gatos: entenda sua importância para o felino

Você já parou para pensar sobre a importância dos bigodes de gato, afinal, eles não estão ali à toa, não é mesmo? Saiba que além de contribuírem para tornar o gato ainda mais bonito e enigmático, eles têm funções sensoriais consideráveis para a sobrevivência dos felinos.

Na verdade, os bigodes são pelos mais grossos e profundos, conhecidos por vibrissas — que possuem capacidade para detectar estímulos externos, fornecendo informações essenciais para a sobrevivência do gato. Atuam aperfeiçoando os sentidos, do olfato, tato e audição.

Neste post, vamos abordar a relevância dos bigodes na vida do gato. Você vai saber por que eles são importantes para a espécie e por que nunca devem ser cortados. Continue a leitura e confira!

Quais são as principais características dos bigodes de gato ou vibrissas?

Os bigodes ou vibrissas dos gatos são prolongamentos de pelos que têm folículos capilares grandes, que são mais longos e espessos que os comuns. Contam com uma raiz três vezes mais profunda. A área que rodeia os bigodes possui uma boa inervação, com muitas células sensoriais, justificando, dessa forma, tamanha sensibilidade.

Esses pelos — os bigodes — são muito mais grossos e profundos que os demais, justamente, para resistirem mais e caírem menos.

A região do bigode mais sensível é a ponta, tendo em vista que os gatos nem precisam tocar os objetos para senti-los. Existem nervos na base dos bigodes que tornam o gato capaz de detectar movimentos, mesmo a distância e à noite. Isso explica a habilidade dos felinos, mesmo em ambientes escuros.

Já que são animais noturnos, os gatos conseguem uma boa percepção de tudo ao seu redor no escuro da noite — que é quando, instintivamente, saem para caçar. Vale lembrar que bichanos cegos conseguem se movimentar nos espaços em que vivem graças às vibrissas que norteiam seus passos.

Qual é a quantidade de bigodes de um gato?

Não existe um número exato de bigodes que um gato deva ter. No entanto, há uma média que, geralmente, gira em torno de 24 vibrissas, 12 em cada lado do focinho que se distribuem em fileiras harmoniosas e bem divididas. Além do focinho, eles contam com esses pelos acima dos olhos, no queixo e na parte inferior das patas dianteiras.

Você já encontrou algum bigode de gato no chão de sua casa?

Quem tem gato, certamente, já encontrou algum bigode no chão. Isso é bem comum, já que, como os pelos, os bigodes também se renovam. Contudo, isso ocorre com menos frequência.

Vale lembrar, que se você tiver um gato preto, não se assuste ao notar que aos poucos surjam bigodes brancos, visto que com a idade do animal isso pode acontecer. No entanto, para essa alteração de cor ser visível, seu animal deve ser bem preto, do contrário, fica bem difícil de notar.

O bigode de gato pode ser cortado ou aparado?

Não devemos cortá-los nunca, visto que essa ação gera muito estresse nos bichanos, mesmo que eles não dependam dos bigodes, ou seja, não cacem e vivam uma vida tranquila em casa.

Cortar o bigode do gato pode causar desequilíbrio, incapacidade de avaliar a posição dos locais na hora de saltar e até uma certa dificuldade em andar em linha reta e correr.

Na verdade, além de toda essa importância, os bigodes os deixam ainda mais lindos e devem ser vistos também como um adorno à beleza do felino.

Os bigodes mudam de cor?

Os bigodes, como já citamos acima, podem mudar de cor devido à idade e entre outras mudanças que ocorrem durante a vida.

Como exemplo, podemos citar o siamês que, quando bebê, tem o pelo bem clarinho e aos poucos vai escurecendo. Com seus bigodes, existe também uma mudança, no início da vida eles são degradê, que vai do bege claro ao marrom escuro em um mesmo fio. Quando se tornam mais velhos, essa característica desaparece e as vibrissas passam a ter uma cor só — geralmente, a bege.

As vibrissas podem denunciar o estado de humor de seu gato?

Você já reparou que quando seu gato está caçando algum inseto, os bigodes ficam eretos para frente? O mesmo ocorre com seu estado de humor. Se ele estiver com medo, chateado ou contrariado, ele pode denunciar essas sensações posicionando seus bigodes para trás. Quando está feliz e satisfeito, seus bigodes se posicionam de uma forma mais relaxada.

Sabia que os bigodes do gato o ajudam a enxergar de perto?

A visão dos felinos não é muito boa. Eles têm dificuldades na visualização de objetos que estão a mais de 30 cm deles. Sendo assim, eles contam com a ajuda de seus bigodes, que quanto mais compridos forem, melhor será para o gato.

Em uma situação em que se encontram com a visão limitada, eles estiram seus bigodes para frente, que agem captando estímulos para ajudar na visão.

Curiosidades sobre bigodes de gato

  • Sabia que, muitas vezes, quando seu gato retira a comida com a pata de seu pote é porque ele não quer encostar os bigodes na ração e, por isso, prefere comer no chão? Experimente comprar um pote maior para ele!
  • Os gatos não gostam de encostar seus bigodes na água, por esse motivo, muitos preferem beber água da torneira ou fontes, uma vez que buscam uma posição na qual não molhem as vibrissas!
  • Você sabia que muitos gatos da raça Sphynx (que não possuem pelo) também não possuem bigodes?
  • O maior bigode de gato já visto foi de 19 cm e pertencia a um felino da raça Maine Coon.

Como você pôde ver neste artigo, os bigodes de gato são essenciais, sobretudo para a sobrevivência daqueles que vivem na rua ou têm acesso a ela. Os que vivem no conforto de uma casa, sob os cuidados de um dono, não dependem das vibrissas, especificamente, para a sua sobrevivência, mas, certamente, aproveitam-nas para viverem melhor.

E então, o que achou deste artigo sobre os bigodes de gato? Interessante, não é mesmo? O que acha de compartilhar este post nas redes sociais e ajudar seus amigos gateiros a também saberem o que representam os bigodes para os felinos?!

Postagens relacionadas
brinquedos para gatos
Como fazer brinquedos para gatos: 5 dicas incríveis
adestrar gatos sem estresse
Aprenda como adestrar gatos sem estresse
Seu gato arranha móveis?
Seu gato arranha móveis? Aprenda como resolver esse problema
Meu gato não usa mais a caixa de areia
Meu gato não usa mais a caixa de areia, é possível identificar o motivo?
Gatos amigos: 5 dicas para construir uma linda amizade
Gatos amigos: 5 dicas para construir uma linda amizade
2 Comentários
  • Informações extremamente importantes, eu particularmente não sabia a importância e a função dos bigodes dos gatos. Tenho certeza que as pessoas que lerem esse conteúdo vão pensar 2x antes de cortar o bigode dos bichinhos.

  • Artigo muito interessante sobre os bigodes dos gatos. Realmente é muito importante que toda a gente saiba que não os pode cortar para que os gatos possam fazer uso na sua percepção sensorial.

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web

Aproveite para comprar sua areia agora