Siga-nos
106882-estender-500-mitos-sobre-gatos-voce-conhece-todos-descubra

Mitos sobre gatos: você conhece todos? Descubra!

O gato é um animal muito interessante, considerado até misterioso. Por já ter sido símbolo de uma divindade no Antigo Egito, até hoje pode parecer meio místico aos olhos de algumas pessoas. 

Esse felino é muito querido como bichinho de estimação, no entanto, existem diversas superstições e mitos sobre gatos, que são confirmados ou quebrados com a convivência prolongada com esse animalzinho.

A seguir vamos mostrar alguns mitos para entendermos o quão injustiçados são esses gatíneos. Conheça alguns deles! 

Os gatos não amam os seus donos como os cães 

Os gatos são animais muito territorialistas e precisam ter o controle do ambiente em que vivem para se sentirem seguros e confortáveis. Por isso, passam a impressão de serem mais ligados à casa do que aos seres humanos. 

Mas isso não é verdade, eles compreendem quem cuida deles, e há diversos estudos e fatos que mostram que eles são extremamente amorosos, adoram colo e carinho, e sabem retribuir todo esse amor a sua maneira, embora muitas vezes não sejam tão efusivos quanto a isso como os cães. 

Gatos precisam ir para a rua 

O instinto deles certamente os fará tentar, mas não significa que seja obrigatório. Aliás, nem é indicado permitir que o bichano frequente a rua. Ele pode cruzar com outro gato e acabar se envolvendo em uma briga, pode ser atropelado e até mesmo envenenado.

Seu gato será feliz mesmo vivendo em ambientes fechados, sem acesso à rua, e estará bem mais seguro. Isso não passa de outro mito sobre gatos. Contudo, é indicado que o animal seja castrado, para dar uma acalmada nesses instintos, e também que o dono tele as janelas e tenha muros altos. 

Os gatos sempre caem em pé 

Quem nunca ouviu falar sobre a teoria do gato flutuante? É aquela velha história sobre amarrar o pão com manteiga nas costas do gato. A verdade é que o gato só consegue cair em pé se está caindo de uma distância grande o suficiente — pelo menos 60 centímetros — para que ele consiga se virar a tempo antes de chegar ao chão. Ainda assim, dependendo da altura, isso não impede que eles se machuquem. 

Gatos não gostam de banho 

Isto pode ser bem pessoal de cada gato, variando até mesmo de acordo com a raça. Alguns adoram água, e podem se enfiar embaixo dela ou até mesmo gostar de entrar em lagos, rios ou banheiras quando os encontram.

Embora nem todos os gatos tenham o costume de tomar banho, eles são animais extremamente higiênicos e estão sempre se limpando com a própria língua, daí a famosa expressão “banho de gato”.  

Gatos pretos trazem má sorte 

Este mito sobre gatos é completamente sem fundamentos e pra lá de absurdo. Quem tem um gatinho preto em casa sabe que o seu bichinho pode trazer tudo, menos azar. 

Essa crença fantasiosa surgiu na Idade Média, quando muitos desses animais eram sacrificados por causa da coloração de sua pelagem, pois eram associados à bruxaria, às trevas e a escuridão. 

Essa superstição acabou sendo propagada com o passar do tempo, mas não é presente no mundo todo. Em alguns lugares, como no Reino Unido e no Japão, o gato preto é, inclusive, sinal de que algo bom vai acontecer. 

Porém, como ainda existe esse preconceito, é imprescindível tomar muito cuidado com os gatos pretos, mantendo-os protegidos das ruas, especialmente em datas como Halloween e sextas-feiras 13. 

Gatos enxergam no escuro 

Esses felinos têm visão noturna 50% melhor do que a humana e superior também a dos cachorros. Mas isso não quer dizer que eles enxergam na completa ausência de luz. 

Eles precisam de ao menos uma camada leve de luminosidade para que possam refletir imagens na retina e enxergar alguma coisa na escuridão. O instinto de caça, a audição apurada e o campo de visão com ângulo de 200º também contribuem para isso.

Gatos não podem ser adestrados 

Essa é outra grande bobagem! Os gatos, na verdade, são apenas menos responsivos as ordens e comandos do que os cães, por exemplo. E, por isso, para adestrar esses animais é preciso muito mais paciência e calma, pois o autoritarismo não funciona com eles.

O fato dos bichanos serem muito desconfiados e, ao mesmo tempo, de personalidade forte, deixá-los à vontade e tratá-los com carinho e respeito é fundamental para que eles aprendam novos hábitos e até alguns truques com sucesso.

Gatos têm sete vidas

Esse mito sobre gatos, talvez, seja o maior entre todos. Apesar de muito espertos, ágeis, flexíveis e sagazes, os gatos, assim como qualquer outro ser vivo, têm somente uma vida. Por serem bastante desconfiados e disporem de uma melhor visão e audição, esses animais estão sempre atentos ao ambiente ao seu redor e partem em disparada ao menor sinal de perigo.

Os animais domésticos saudáveis, bem tratados, castrados e levados regularmente ao veterinário podem viver de 15 à 20 anos. Já os animais de rua, sobrevivem somente dois anos.

Gatos não gostam de cachorros

Outra questão de hábito! Se habituados a conviverem desde pequenos, recebendo o mesmo tratamento e, sobretudo, a mesma quantidade de carinho e amor, ambos podem se tornar bons amigos.

Ocorre que muitas vezes, principalmente por ciúmes, a chegada tardia do novo morador ao lar com quem precisarão dividir seu território e a atenção de seus donos atrapalham essa convivência amigável.

Os gatos são animais fascinantes e há muito que saber sobre eles. Além dos exemplos que demos aqui, existem muitos outros mitos sobre gatos que se espalham por aí. É sempre bom lembrar que, assim como outros animais, e até mesmo os seres humanos, eles têm a sua própria personalidade. 

Muito bem! Agora que você já conhece alguns mitos sobre gatos, que tal compartilhar esse post com seus amigos nas suas redes sociais? Para tentar acabar de uma vez com todas essas superstições e preconceitos relacionados esses singelos animaizinhos!

Postagens relacionadas
brinquedos para gatos
Como fazer brinquedos para gatos: 5 dicas incríveis
adestrar gatos sem estresse
Aprenda como adestrar gatos sem estresse
Seu gato arranha móveis?
Seu gato arranha móveis? Aprenda como resolver esse problema
Meu gato não usa mais a caixa de areia
Meu gato não usa mais a caixa de areia, é possível identificar o motivo?
Gatos amigos: 5 dicas para construir uma linda amizade
Gatos amigos: 5 dicas para construir uma linda amizade

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web

Aproveite para comprar sua areia agora