Siga-nos
câncer em gatos

Papo sério! Tudo que você precisa saber sobre câncer em gatos

O câncer é a mais temida das doenças, seja para os seres humanos ou para os animais de estimação. Muitos proprietários se preocupam com o fantasma da doença e estão sempre atentos para os sinais que podem indicar uma doença mais grave em seu melhor amigo.

Quais são os sintomas de câncer em gatos?

Os gatos também podem ter essa doença, e infelizmente é impossível prever ou impedir que o seu gatinho de estimação venha a passar por isso. No entanto, é de extrema importância que estejamos sempre atentos aos sinais que vêm com o câncer em gatos.

Notando um sintoma ou mais, é extremamente aconselhável levar o gato ao veterinário, ainda que haja outras possibilidades de diagnóstico.

Semelhante ao câncer no ser humano, o câncer em gatos também tem possibilidades de cura, especialmente se for detectado cedo. Isso aumenta as chances de o tratamento surtir efeito. Fique atento a alguns sinais que podem indicar se o seu gato tem câncer, lembrando obviamente que todos esses sintomas devem ser investigados por um veterinário, já que podem indicar outros problemas.

Mudanças de apetite

Esse é um sinal de alerta para qualquer animal de estimação. Um gato nunca vai parar de se alimentar sem um motivo. É claro que isso não se mede em uma ou duas refeições em que ele come menos, mas quando ele gradativamente para de comer.

Isso pode significar muitas coisas, incluindo o câncer de boca, que traz uma dificuldade de deglutição ao gato.

Feridas que não cicatrizam

Caso o gato apresente uma ferida ou mais que não estão cicatrizando, é bom levá-lo ao veterinário. Ela pode estar infeccionada, ou até mesmo ser um indicativo de câncer no felino.

Caroços

Assim como nos seres humanos, os caroços podem ser um indicativo de câncer em gatos. É claro que nem todo caroço que aparecer no seu bichano é cancerígeno, mas só é possível descobrir isso por meio de um exame veterinário.

O veterinário provavelmente solicitará uma biópsia para averiguar se as células no local são ou não malignas.

Fadiga e depressão

A mudança no comportamento pode ser um sinal. O gato começa a aparentar mais cansaço, dorme mais do que de costume e diminui sua rotina de brincadeiras. É importante levá-lo ao veterinário, porque ainda que não seja um sintoma de câncer em gatos, é um indicativo de que algo que pode estar errado com o seu amigo.

Tosse persistente e falta de ar

Quando um gato encontra dificuldades para respirar, pode ser sinal de doenças no pulmão, incluindo câncer. Problemas cardíacos também podem gerar esse sintoma.

Todos esses sintomas podem ser indicativos de câncer em gatos, mas também podem ser comuns a diversas outras doenças que o felino possa enfrentar ao longo da vida. Por esse motivo, é importante manter a saúde dele em dia, com visitas periódicas ao veterinário, e sempre o levando para uma consulta caso algo não esteja normal.

A prevenção ainda é a melhor forma de combater essa temida doença.

Meu gatinho foi diagnosticado com câncer, e agora?

Há tratamento para o câncer nos gatos também. Ele irá depender do tipo da doença e do estágio em que ela se encontra.

É possível que o veterinário opte por realizar uma cirurgia, removendo os nódulos cancerígenos. Muitas vezes essa é a melhor chance de cura, mas também existem outras formas de tratamento, que podem ser inclusive combinadas.

O tratamento quimioterápico também está disponível para os gatos por meio de pílulas. O tratamento é bastante intenso, mas costuma ter menos efeitos colaterais do que nos humanos.

Para os gatinhos, as drogas que controlam a náusea são bem mais eficazes, e por isso eles costumam se sentir bem durante o tratamento. A radioterapia também pode ser necessária.

O câncer em gatos não é uma sentença de morte para eles. Se você tem alguma desconfiança, providencie uma consulta veterinária e exames para seu amiguinho.

Caso ele seja diagnosticado com a doença, tenha calma. Há muitos casos de sucesso com os tratamentos da doença, e havendo o diagnóstico precoce, as chances de cura sem sequelas são grandes.

Para outras informações e dicas de como melhorar a qualidade de vida de seu felino, assine a nossa newsletter.

Postagens relacionadas
brinquedos para gatos
Como fazer brinquedos para gatos: 5 dicas incríveis
adestrar gatos sem estresse
Aprenda como adestrar gatos sem estresse
Seu gato arranha móveis?
Seu gato arranha móveis? Aprenda como resolver esse problema
Meu gato não usa mais a caixa de areia
Meu gato não usa mais a caixa de areia, é possível identificar o motivo?
Gatos amigos: 5 dicas para construir uma linda amizade
Gatos amigos: 5 dicas para construir uma linda amizade
2 Comentários
  • Roberto indalencio
    Responder

    Tenho gata 15ano apareceu tumor
    Mama.
    Foi retirada passou 6meses apareceu
    Outro tumor foi retiradas passou 3meses apareceu na concha da gata .tem algum perigo para ser humano cance do gato .
    Ou para outro gato pegar.
    Não sei o que fazer não queria sacrificar.
    15 anos na família.
    Mas se não tem o que fazer .

    • Oi Roberto, câncer não é uma doença contagiosa, porém precisa de tratamento e acompanhamento veterinário. A boa notícia é que existem muitos casos de gatos que sobreviveram à doença e viveram por muitos anos. Nós não recomendamos a eutanásia pois sempre há uma esperança. Converse com o seu veterinário ou procure outro profissional e continue o tratamento! Abs Equipe Areia de Gato

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web

Aproveite para comprar sua areia agora