Siga-nos

Seu gato com verme? Saiba como identificar

Por mais cuidados que tenhamos com nossos gatos, eles não estão livres de verminoses. Existem várias formas de transmissão e, por isso, devemos estar sempre atentos — principalmente, porque afetam não somente a saúde de nossos animais, mas também de quem lida com eles. E você, será que é capaz de identificar os sintomas de gato com verme? Acompanhe!

As verminoses podem ser contraídas de diversas formas, seja por meio de algum alimento contaminado ou pelo contato com outro animal, passeios, etc. O importante, no entanto, é que você saiba como identificar e tratar a infestação a tempo, antes mesmo que ela comece a debilitar a saúde de seu felino.

Continue a leitura e conheça mais sobre como identificar os sintomas da verminose!

Principais sintomas da verminose

Distensão abdominal

Esse sintoma é muito mais facilmente observado em gatos filhotes, haja vista que ainda estão ganhando peso. Quando ocorre, a região abdominal do animal fica visivelmente distendida, com grande aumento de volume. Geralmente, ao serem apalpados na barriga, sentem um leve desconforto.

Fezes moles ou diarreia

Verifique sempre as fezes do seu animal na caixinha de areia, elas devem ser firmes. Se estiverem moles ou ele estiver com um quadro de diarreia, leve-o logo ao veterinário. Este sintoma desidrata o animal, além de ser um dos sintomas mais indicativos de verminose.

As fezes podem se apresentar ainda esverdeadas e com sangue, indicando uma necatoríase — doença provocada por parasitas do gênero Necator.

Vômitos

Dependendo do grau de infestação, o vômito pode se tornar frequente e debilitar a saúde do animal. Se não forem tomadas logo medidas, como a administração de um vermífugo prescrito por um veterinário, o animal, principalmente se ainda for filhote, pode chegar ao óbito.

Palidez das mucosas

A verminose pode desencadear algumas doenças, entre elas a anemia. Uma das formas de sabermos se o felino pode estar ou não com tal problema é verificando a coloração da sua gengiva e de sua pálpebra (interna) inferior. A palidez dessas regiões é um indício da doença. Os parasitas (vermes) alimentam-se do sangue de seu hospedeiro (gato), deixando-o anêmico.

Perda de peso

Os vermes que se instalam por muito tempo podem ir aos poucos comprometendo a saúde do animal. Um sinal disso seria a absorção, por parte dos parasitas, de nutrientes importantes. O resultado é a carência nutricional no organismo do gato, que pode levar a uma perda de peso.

Pelagem sem brilho

Um somatório de fatores pode tornar o pelo do animal opaco e sem brilho, como a desidratação, a carência de nutrientes, a anemia, entre outros.

Comportamento de esfregar o ânus no chão

comportamento de tentar coçar o ânus, esfregando-o no chão, pode ser um indício forte de que ele esteja com verminose. O ideal é que o tutor observe bem as fezes. Em alguns casos, dependendo da infestação, pode ser percebida a presença de vermes.

Tratamento para gato com verme

A primeira coisa a se fazer é visitar um médico veterinário para que o gato seja avaliado adequadamente. Ele fará um exame clínico e, dependendo, pode pedir um exame de fezes ou apenas, pelos sintomas, prescrever o vermífugo.

Gatos filhotes devem ser vermifugados em três doses básicas: aos 30 dias de vida, aos 45 dias de vida e, por fim, aos 60 dias de vida. Até ele completar 6 meses de vida, deve tomar uma dose a cada mês.

Após esse período, o indicado é dar o vermífugo a cada 3 meses ou 6 meses, dependendo do estilo e vida do animal. Por exemplo, se o veterinário pedir exames que comprovem a ausência de parasitas, é possível uma vermifugação a cada 6 meses.

Animais que vivem dentro de casa, sem contato com a rua e com outros animais, podem espaçar mais as doses de vermífugos para 1 ano, ou mediante exames de fezes que comprovem a infestação.

E você, o que achou deste conteúdo sobre gato com verme? Foi útil para você? Que tal assinar a nossa newsletter e receber, em seu e-mail, textos relevantes e interessantes como este? Estamos sempre produzindo conteúdo útil para os nossos assinantes!

Postagens relacionadas
brinquedos para gatos
Como fazer brinquedos para gatos: 5 dicas incríveis
adestrar gatos sem estresse
Aprenda como adestrar gatos sem estresse
Seu gato arranha móveis?
Seu gato arranha móveis? Aprenda como resolver esse problema
Meu gato não usa mais a caixa de areia
Meu gato não usa mais a caixa de areia, é possível identificar o motivo?
Gatos amigos: 5 dicas para construir uma linda amizade
Gatos amigos: 5 dicas para construir uma linda amizade

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web

Aproveite para comprar sua areia agora