Siga-nos
tudo-que-voce-precisa-saber-sobre-halitose-felina

Tudo que você precisa saber sobre halitose felina

Para quem tem um gato em casa, sabe que é comum eles apresentarem certo odor no bafinho. Isso não quer dizer, porém, que você não está cuidando da saúde bucal dele, pois é algo natural da espécie. Principalmente quando eles ainda são filhotes e estão trocando os dentes, ter um pouco de mau hálito é normal.

No entanto, se quando eles já são adultos esse cheiro se torna mais forte e constante, pode ser um sinal de halitose felina. Você já ouviu falar nesse problema que pode afetar o seu gato? Sabe quais são as causas e o tratamento ideal? Neste post, tiraremos as suas dúvidas sobre este problema. Confira:

O que é a halitose felina?

A halitose felina, ou seja, quando o seu gato estiver com o hálito extremamente fétido e desagradável, é um sinal de que tem algo errado com a saúde dele — ela pode tanto significar que ele está com alguma doença como, também, ser causada por gengivite ou doenças Periodontais.

Além do odor na boca dele, para identificar se o seu felino está com esse problema, observe se ele tem apresentado alguns sintomas, como perda de peso, vômito, salivação em excesso, gengivas com vermelhidões, tártaro, necessidade de colocar a pata na boca com frequência e falta de apetite.

Quais são as causas?

Dentre as causas mais comuns que desencadeiam esse problema, estão tártaros, gengivite, pólipos, estomatite, alimentos com cheiro forte, itens presos na boca dele e refluxo.

Já se o seu felino é idoso, é possível que outras doenças estejam causando a halitose, como as gastrintestinais, hepáticas, renais, tumor bucal e até diabetes.

Muitos são os motivos que podem desencadear a halitose felina. O ideal, por conta disso, é que você o leve ao veterinário assim que desconfiar que ele está com esse problema. Ele vai fazer alguns exames para dar o diagnóstico adequado e, assim, apontar qual é o tratamento mais indicado.

Qual o tratamento ideal?

O tratamento vai depender do diagnóstico. Por exemplo, se o problema for de origem bucal, escovações frequentes poderão dar uma solução para a halitose felina. Agora se a causa estiver relacionada com a alimentação do animal, provavelmente a dieta dele sofrerá algumas orientações.

Se após os exames feitos pelo veterinário for identificado que a causa da halitose felina é alguma doença mais séria, certamente, indicará alguns passos que você deverá seguir para garantir a saúde do seu pet.

Para facilitar a identificação do problema, o ideal é que você observe sempre o seu gato e faça anotações constantes sobre o comportamento dele. Dessa forma, no primeiro sinal de alteração na rotina dele, você será capaz de perceber que há algo de errado com ele e o levará o mais rápido possível ao veterinário.

Quanto antes o problema for detectado, maiores serão as chances de dar início a um tratamento no estágio inicial de uma doença.

Conhece mais alguém que tem um gato em casa? Então, compartilhe este post em suas redes sociais e divida com seus amigos essas informações sobre a halitose felina!

Postagens relacionadas
brinquedos para gatos
Como fazer brinquedos para gatos: 5 dicas incríveis
adestrar gatos sem estresse
Aprenda como adestrar gatos sem estresse
Seu gato arranha móveis?
Seu gato arranha móveis? Aprenda como resolver esse problema
Meu gato não usa mais a caixa de areia
Meu gato não usa mais a caixa de areia, é possível identificar o motivo?
Gatos amigos: 5 dicas para construir uma linda amizade
Gatos amigos: 5 dicas para construir uma linda amizade

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web

Aproveite para comprar sua areia agora