Siga-nos
veja-quais-sao-os-itens-domesticos-perigosos-para-gatos

Veja quais são os itens domésticos perigosos para gatos

Como amantes dos felinos, nós sabemos que, ao mantê-los dentro de casa, sem acesso à rua, evitamos inúmeras ameaças à sua segurança e saúde. O que as pessoas esquecem é que, muitas vezes, os riscos podem estar dentro de casa! Muitos são os itens domésticos perigosos para gatos, mas eles nem sempre são tão óbvios.

Gatos têm um comportamento bastante peculiar, e uma de suas características mais marcantes é a curiosidade. Os bichanos exploram seu território mais vagarosamente e com mais cautela se comparados aos cães, mas, aos poucos, não há um cantinho da casa sequer de que seus focinhos não tenham se aproximado. 

Você tem ou deseja ter gatinhos como companheiros? Quer mantê-los afastados de perigos? Nós preparamos uma lista com alguns itens que todos temos em casa e que podem oferecer risco à segurança de seu gato. Continue conosco e fique por dentro!

Plantas tóxicas

Gatos são essencialmente carnívoros, se alimentando de pequenos mamíferos, aves e insetos, quando têm acesso ao mundo externo. Porém, frequentemente, necessitam ingerir certa quantidade de grama ou capim para que seu trato intestinal funcione regularmente, e também para auxiliar na eliminação das bolas de pelos.

Algumas plantas ornamentais comumente encontradas em residências são tóxicas para os gatos. Elas podem causar a morte do animal, dependendo da quantidade ingerida e se o socorro não for providenciado a tempo. Lírios, copo-de-leite, comigo-ninguém-pode e espada-de-São-Jorge são alguns exemplos.

Água do vaso sanitário

Na natureza, os gatos ingerem boa parte da quantidade de água que necessitam dos seus próprios alimentos. Dentro de casa, não raro eles procuram diferentes fontes de água, que não sejam os “tediosos” potinhos que têm à sua disposição. Entre elas, temos o vaso sanitário.

Esse item parece bastante óbvio para nós, mas os gatos não sabem que o vaso sanitário é repleto de bactérias. Se beber água do vaso é um hábito do gato, ele pode desenvolver problemas gastrointestinais.

Cabos elétricos

Cabos elétricos como, por exemplo, carregadores de celular e fios de telefone podem ser incrivelmente atraentes para gatos. A consistência deles é agradável para aliviar coceiras nas gengivas (especialmente para os filhotes), além de se moverem com o vento, assemelhando-se a uma potencial presa.

Se não forem devidamente protegidos ou fixados na parede, os cabos elétricos podem causar choques nos peludos ou até mesmo iniciar um incêndio.

Produtos de limpeza

Produtos de limpeza são vilões na questão de segurança de animais. São extremamente tóxicos se ingeridos, e também oferecem risco se inalados ou se entrarem em contato com a pele dos felinos. É importante guardá-los sempre em locais a que os bichanos não tenham acesso.

Leia atentamente o rótulo dos produtos químicos, respeitando o tempo necessário para a exposição segura — é bom deixar o produto secar bem antes de liberar a área para o seu pet. Dê preferência a álcool diluído em água ou produtos desenvolvidos para pets.

Medicamentos

Muitos dos medicamentos humanos têm o mesmo princípio ativo dos medicamentos para animais. A diferença está principalmente na dosagem ministrada. Porém, gatos são bastante sensíveis, podendo apresentar intolerância a certos remédios e alguns medicamentos podem ser fatais. 

Consulte sempre um veterinário e dê remédios ao seu gato seguindo sempre as recomendações do profissional.

Alimentos

Pode parecer estranho que alimentos estejam entre os itens perigosos para gatos, mas o fato é que os felinos têm o metabolismo diferente do nosso e até mesmo dos cães. Alguns produtos podem ser verdadeiros venenos para os gatos. 

Chocolate, cebola, alho, tomate, pão, café e uva (e seus derivados) estão entre os alimentos proibidos para os bichanos. Evite dar petiscos doces ou salgados demais. A melhor opção é oferecer uma ração de boa qualidade ou alimentação natural (preparada sem os itens tóxicos).

Como você pode perceber, por mais seguras que sejam nossas casas, existem muitos riscos para gatos e é muito importante estar sempre atento a eles. Procure sempre um veterinário ao menor sinal de estresse emitido pelo seu gatinho. 

Outra questão muito importante, também, é a limpeza da caixinha de areia, para que ela não se torne um dos itens domésticos perigosos para gatos. Quer dicas de como conservá-la mais limpa e por mais tempo? Confira nosso artigoe descubra!

Postagens relacionadas
brinquedos para gatos
Como fazer brinquedos para gatos: 5 dicas incríveis
adestrar gatos sem estresse
Aprenda como adestrar gatos sem estresse
Seu gato arranha móveis?
Seu gato arranha móveis? Aprenda como resolver esse problema
Meu gato não usa mais a caixa de areia
Meu gato não usa mais a caixa de areia, é possível identificar o motivo?
Gatos amigos: 5 dicas para construir uma linda amizade
Gatos amigos: 5 dicas para construir uma linda amizade

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web

Aproveite para comprar sua areia agora